Familia Carbonizada: Quebra do sigilo de conversas entre Ana Flávia e Carina, a polícia concluiu, crime premeditado.

NOVAS NOTICIAS 27/03/2020 Relatar Quero comentar

A polícia concluiu que a Ana Flávia a filha ela premeditou o crime com ajuda da Carina a esposa dela, foi a quebra do sigilo das contas da internet e as conversas das acusadas, Karina e Ana Flávia a polícia concluiu o relatório da investigação do caso da família Gonçalves.

Nas 65 páginas existem provas segundo a polícia de que Ana Flávia Gonçalves premeditou o assassinato de toda família ao lado da sua namorada Carina Ramos, entre as descobertas está a pesquisa que o casal fez relacionada ao assassinato do Pai, Mae e o irmão.

Eles fizeram buscas na internet, buscavam informação sobre o seguro de vida do pai, elas usavam termos como, seguro de vida quais mortes cobre, seguro de vida por uma morte de assassinato, ou um segurado de homicídio jurisprudência. Essas pesquisas foram feitas justo no celular de Ana Flávia, cerca de um mês antes do crime.

No final de dezembro, apesar de elas estarem com dividas, elas pesquisaram sobre a compra de um carro de luxo. No documento que a Record teve acesso com exclusividade também aparecem fotos tiradas com os acusados, nelas eles aparecem todos juntos, dentro de um hotel, em festa, se divertindo na Praia Grande litoral de São Paulo na passagem do ano, são provas que confirma que todos se conheciam e mantinham contato. Justo 2 dias antes do assassinato Karina fez pesquisas para reformar o piso de uma casa a metragem e a descrição da planta são compatíveis com as da casa onde a família foi morta em Santo André na grande São Paulo.

Segundo a polícia essa descoberta indicaria a intenção das duas de se apossarem do imóvel. Durante essa investigação a polícia utilizou um programa mas avançado para recuperar todos os dados apagados do celular dos suspeitos, atos em conversas deletadas entre Carina e Ana Flávia. os investigadores também encontraram mensagens que também provariam a premeditação da de toda a familia.

Uma semana antes do crime depois de conversar com os outros suspeitos Karina disse para Ana Flávia, “já deu tudo certo” a namorada responde “com certeza amor” Karina diz ainda que elas são super mulheres e que vão poder montar um guarda-roupa gigante. Ana Flávia faz referência ao irmão Ruan diz que ele é pior que os pais dela. Estamos diante sim de um crime que foi premeditado, e de um crime que agora não resta sombra de dúvidas que é um crime de competência do Tribunal do Júri.

Esperamos que o Tribunal do Júri de a devida resposta e um crime com tamanha brutalidade e gravidade como esse. Os cinco Réus Ana Flávia e Carina os irmãos Juliano e Jonathan Ramos e Guilherme da Silva foram indiciados por cinco crimes, entre eles homicídio triplamente qualificado e Associação criminosa roubo majorado e ocultação de cadáver.

Comentário do usuário