Criança de 11 anos dá à luz a bebê em Barras após estupro; primo é suspeito

Notícias Incríveis 19/05/2020 Relatar Quero comentar

Uma criança de 11 anos deu à luz a um bebê após ser vítima de estrupo quando tinha 10 anos. O crime está sendo investigado pela Delegacia de Polícia Civil de Barras, a 119 Km ao Norte de Teresina. O acusado de cometer o crime é primo da vítima.

A menina sofria abusos sexuais e acabou engravidando. Em janeiro deste ano, a família da menina procurou o Ministério Público em Barras para denunciar o caso. A Polícia Civil foi acionada pelo Ministério Público e instaurou um inquérito para investigar o crime. Por tratar de um crime envolvendo menor de idade, a investigação é sigilosa. 

A gravidez foi de risco, mas o bebê nasceu saudável há 15 dias. De acordo com o promotor de justiça de Barras, Silas Sereno, por ser uma criança e ter sido abusada sexualmente, a lei brasileira permite o aborto, mas a família decidiu por prosseguir com a gravidez. "Encaminhamos o caso para a assistência social do município e solicitamos ao juiz da comarca que marcasse uma audiência para que as partes sejam ouvidas”, disse Silas Sereno ao .

Silas Sereno disse ainda que a mãe da menina descobriu a gravidez quando percebeu que a barriga da filha estava aumentando. Ela perguntou o que aconteceu e a filha relatou. Foi feito um exame de farmácia que constatou a gravidez. Após isso, a família procurou as autoridades para denunciar o caso.

O suspeito de cometer o crime está em liberdade. A menina será ouvida em audiência e a justiça poderá solicitar um exame de DNA para comprovar a paternidade da criança. Caso confirmado que o primo da vítima cometeu o crime, ele irá responder por estupro de vulnerável.

Comentário do usuário