Bolsonaro reafirma ser contra isolamento social e dispara: 'Todos nós vamos morrer um dia'

Renan 30/03/2020 Relatar Quero comentar

A pandemia proveniente do Coronavírus vem afetando muitas pessoas ao redor do mundo e aqui no Brasil não é diferente. O que faz com que as pessoas fiquem preocupadas com o que está por vir nos próximos dias. E em muitas oportunidades não sabem o que fazer.

Contudo, o presidente Bolsonaro prefere continuar defendendo sua tese de que um isolamento social generalizado não é a solução. Segundo o mesmo apenas idoso e pessoas que estão incluídos em grupos de risco precisam dos referidos cuidados de isolamento. Enquanto o restante pode voltar ao trabalho, com o intuito de reativar a economia do país.

O problema é que em muitas oportunidades o modo escolhido por Bolsonaro não é o correto, já que seu linguajar é um tanto quando inadequado. E foi o que voltou a acontecer na tarde ontem (29) quando o presidente teve uma breve conversa com alguns repórteres, tendo em vista que saiu para um passeio na cidade de Brasília.

Bolsonaro chegou a dizer que temos que dar uma atenção especial a vida, porém todos nos iremos morrer um dia. E ainda finalizou dizendo que todos precisamos enfrentar essa situação de Coronavírus como homens e não moleques.

Claro que a fala do governante não caiu nada bem, e logo após a divulgação dos comentários as redes sociais em sua grande maioria criticavam o presidente por sua fala um tanto quanto agressiva.

Comentário do usuário