Mais uma vacina contra a Covid-19 começa a ser testada em humanos

Acta Diurna News 25/05/2020 Relatar Quero comentar

Nesta segunda-feira (25), a empresa Novavax, de biotecnologia de Maryland (EUA), anunciou planos para iniciar a inscrição de aproximadamente 130 pessoas em um ensaio com uma nova vacina experimental contra a Covid-19. A empresa diz que espera obter resultados preliminares de segurança e eficácia em julho.

Esta é a décima companhia do mundo a iniciar testes em humanos de possíveis vacinas contra a doença causada pelo novo coronavírus. O primeiro voluntário deve ser vacinado na noite desta segunda-feira (25) na Austrália, onde a fase inicial do julgamento está sendo realizada em dois locais.

Antes desse teste da nova vacina, outros testes também foram iniciados. 

Uma das primeiras vacinas Covid-19 a iniciar testes em humanos foi segura e gerou uma resposta imune contra o novo coronavírus, de acordo com resultados publicados sexta-feira (22) pela revista médica The Lancet. Estes são os primeiros resultados publicados de testes em humanos para uma potencial vacina o vírus. 

A vacina, desenvolvida pela CanSino Biological Inc. e pelo Instituto de Biotecnologia de Pequim, foi testada em 108 adultos saudáveis, com idades entre 18 e 60 anos, em Wuhan, China, que não estavam infectados com o novo coronavírus.

Todos os participantes receberam uma única infecção em doses baixa, média ou alta. Não foram relatados efeitos colaterais graves dentro de 28 dias após a vacinação. Um deles, o que recebeu a dose mais alta, relatou febre severa, fadiga, falta de ar e dor muscular, mas essas reações continuaram por menos de 48 horas.

Comentário do usuário