Depois de viver inextricavelmente por 21 anos, um casal de leões idosos deixou o mundo juntos

Matérias Oficiais(+10% Clicks) - Beatriz 14/08/2020 Relatar Quero comentar

Infelizmente, eles foram sacrificados porque seus problemas de saúde começaram a diminuir sua qualidade de vida. Esta é uma história triste, mais que vale a pena ser contada para jamais ser esquecida.

Um casal de leões idosos que viviam em um zoológico de Los Angeles infelizmente morreram. Os leões africanos, Hubert e Kalisa, tinham 21 anos e eram inseparáveis;

Os dois leões compartilham um forte vínculo desde que se conheceram, há mais ou menos seis anos, e desde então se tornaram almas gêmeas inseparáveis.

Hubert nasceu em 7 de fevereiro de 1999 no Lincoln Park Zoo em Chicago e Kalisa em 26 de dezembro de 1998 no Zoológico de Oklahoma City. O casal se conheceu no Woodland Park Zoo em Seattle antes de ser transferido para o zoológico de Los Angeles em 2014.

Esses felinos normalmente vivem entre 15 e 17 anos em cativeiro, e foi incrível o fato desse adorável casal excederem as expectativa de vida e atingir uma idade exemplar de mais de duas décadas.

O vínculo afetuoso que existia entre os felinos era muito evidente; até os visitantes eram testemunhas do grande carinho que ambos sentiam um pelo outro.

Beth Schaefer, que é diretora do programa de animais, disse ao LA Times: 

Gostou dessa matéria? Compartilhe para seus amigos e familiares! Obrigada!

Comentário do usuário